Por onde começar em cloud computing?

No Brasil basicamente temos três grandes provedores de cloud computing: AWS, Azure e Google cloud computing.

Estas três grandes empresas fornecem serviços e soluções muito semelhantes. Uma ou outra empresa acaba fornecendo um produto ou serviço muito específico e geralmente focado para um público muito específico de empresas ou de necessidades de negócio que precisam utilizá-lo. O que eu quero dizer com isso é que qualquer uma das empresas vão fornecer soluções adequadas para a maioria das empresas.

Antes de começar a utilizar, um provedor não se preocupe em criar uma conta e definir como que vai ser a segurança, ou como as pessoas vão ter acesso aos recursos, ou então se você vai utilizar a infraestrutura como código ou ainda que solução você vai utilizar para automatizar a criação de recursos. Foque e se preocupe em entender como cada provedor de solução fornece os seus serviços, como é a arquitetura desse serviço e como será a integração destes componentes.

Para simplificar o que eu estou tentando dizer, é que é necessário entender as recomendações disponíveis nos sites dos provedores para melhor implementar as soluções de cloud em suas necessidades de negócio. Por exemplo, a AWS disponibiliza o Well-Architected para todos os seus usuários, são recomendações gratuitas disponíveis em seu site.

O Well-Architected é composto basicamente de cinco pilares e neles estão recomendações utilizadas e testadas pela AWS, apoiando diversas empresas no mundo todo.

Não importa se a sua aplicação é de missão crítica ou um site de e-commerce, através dos pilares e recomendações, você entenderá como é possível disponibilizar uma aplicação segura, resiliente e com baixo custo, ou seja, como você deve utilizar todos os recursos que o provedor fornece da melhor forma.

Um ponto importante, e que gostaria de ressaltar, é que você poderá implementar soluções que já foram testadas e não importa se você trabalha em uma empresa pequena, média ou grande.

Neste post, acabei citando alguns apenas os recursos da AWS, porém Azure e GCP também possuem arquiteturas recomendadas e que podem ser adotadas, facilitando a adoção e a operação.

Imagem do post, originalmente publicada em: http://lcolumbus.files.wordpress.com

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Site no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: