Transformação digital ou cultural?

Transformação
Gestão Governança Transformação DigitalLeave a Comment on Transformação digital ou cultural?

Transformação digital ou cultural?

Transformação digital é um termo que no Brasil, começou a ser buscado no Google há poucos anos quando comparamos com o resto do mundo. Não acredita, olha os dois gráficos abaixo.

O primeiro gráfico apresenta as quantidades de pesquisas feitas no Google, apenas no Brasil

O segundo mostra o mesmo termo, no mundo inteiro.

Repare que no primeiro gráfico, no Brasil, existe um pico de procura pelo assunto em 2018, onde há uma queda considerável em seguida. Já o segundo gráfico, apresenta um crescimento orgânico com tendência de alta.

Transformação digital, é um termo comum no dia a dia das empresas. Mas afinal, o que é essa transformação digital que tanto se ouve e tanto às empresas estão em busca querendo ou tentando implementar?

Em muitos sites que se busca informações sobre este termo, as referências são voltadas para a forma de como a tecnologia pode influenciar os negócios e consequentemente melhorar a performance das empresas.

Bingo! “Melhorar a performance das empresas”. É isso que toda empresa busca, sonha, deseja….enfim o mundo empresarial é extremamente competitivo, a cada dia novas startups surgem com ideias inovadoras, com soluções simples para resolverem problemas complexos. E um ingrediente que essas empresas usam como meio para serem diferentes no mundo empresarial é o uso efetivo da tecnologia.

Mas será que apenas a tecnologia é suficiente para que a mudança da transformação digital ocorra?

Quando estava escrevendo este artigo, me lembrei deste: https://brunorusso.com.br/ferramenta-como-solucao-para-os-problemas-de-ti-nao-e-bem-assim-que-funciona/

Tecnologia é extremamente importante para qualquer empresa, aliás talvez para qualquer pessoa. Entretanto, antes da tecnologia ser utilizada para resolver uma necessidade de negócio, existem três itens (na minha opinião) extremamente importantes, que são: Pessoas, Processos e Cultura Organizacional.

  • Pessoas: são os catalisadores da mudança. Entretanto, possuem muitos aspectos que podem ajudar ou atrapalhar no processo de mudança e transformação digital. Entender seus receios e crenças pode ajudar e facilitar o processo de transformação digital;
  • Processos: são essenciais para a empresa, porém são definidos por pessoas. Em alguns casos as pessoas que aprovam um processo acabam criando-o de forma a se tornarem parte do mesmo (com o medo de serem desligadas da empresa) ou seguem algum processo já existente, este em muitos casos é antigo e desnecessário e muitas vezes longo, e com isso acabam atrapalhando o andamento da empresa;
  • Cultura Organizacional: são os valores que as pessoas, de todos os níveis, da empresa se posicionam, criando um diferencial competitivo com os seus concorrentes. A cultura organizacional é muito importante, pois quanto mais as pessoas conhecem a cultura e se Apropriam dela, mais fácil se torna a sobrevivência da empresa no mercado.

Quando uma empresa precisa inovar, fazer algo diferente seja para reduzir custos ou aumentar o lucro, a empresa vai acabar esbarrando em um dos três itens acima. E geralmente uma pessoa ou um grupo identifica a barreira: que em muitos casos é uma outra Pessoa ou o Processo X que não consegue atender às novas demandas. A cultura fica sempre de lado.

Não adianta querer alterar um processo, se quem irá defini-lo ou executá-lo é uma pessoa que não consegue acompanhar a mudança da cultura organizacional da empresa.

O que eu quero dizer com tudo isso é que, para a empresa conseguir se transformar digitalmente e culturalmente, ela precisa das pessoas, que por sua vez são os catalizadores desta mudança ou inclusão de barreiras.

Como se transformar digitalmente e culturalmente?

Acredito que o melhor maneira de fazer isso é através de exemplos. E estes exemplos devem ser incorporados primeiramente pelo C-level da empresa, em seguida pelos gestores e consequentemente chegarão até as demais pessoas, que irão executar e colocar em prática, de forma massiva, esse novo modelo.

Transformação
Transformação Digital
Imagem original: https://www.internationaltaxreview.com

O processo de transformação digital, nem sempre ocorre de forma rápida. Porém, pela grande maioria das pessoas ele é bem vindo, pois muitas burocracias deixam de existir e isso faz com que parte das pessoas se adaptem rapidamente.

Grandes empresas, ainda trabalham com estruturas de silos funcionais. Vou tentar exemplificar isso da seguinte maneira.

Imagine um processo de reembolso de despesas (“corrida de taxi”) onde a despesa é de R$ 50,00. Em muitos casos, o funcionário, faz a solicitação através de um formulário on-line. Ao submter este formulário, a solicitação deve ser impressa, e o comprovante da despesa deve ser anexado. Em seguida, este formulário segue para a aprovação do gestor imediato, do gerente e em alguns casos do diretor da área. Francamente, o custo que se tem com papel + impressora + assinatura do coordenador + assinatura do gerente + assinatura do diretor vai ser muito superior ao valor de R$ 50,00. E outro ponto, por R$ 50,00 precisamos utilizar o tempo de 3 gestores?

Voltando ao item dos silos, ao chegar no departamento financeiro, se o formulário não tiver todas as assinaturas, a equipe financeira devolve e o processo precisa ser iniciado novamente.

Lembram daquele jargão de um humorista: “Cara cracha?” Pois é isso mesmo. Estou aqui para fazer o trabalho, se algo estiver fora do padrão eu devolvo e o processo precisa ser reiniciado.

Em resumo, enquanto as empresas ainda tiverem uma cultura organizacional da época dos dinossauros, mais difícil se torna a jornada para a transformação digital. Por mais que a empresa seja formada por Tiranossauros, lembre-se: Eles também foram extintos do planeta!

A transformação digital, é uma jornada e inicia pela transformação cultural das empresas.

Para entender um pouco mais sobre cultura organizacional e a sua importância sugiro a leitura deste blog: https://www.gupy.io/blog/cultura-organizacional. Mudar a cultura não é fácil, é como se tentarmos andar de bicicleta de uma forma diferente, como a deste outro post: https://brunorusso.com.br/the-backwards-brain-bicycle/, tente e verá que não será uma tarefa fácil.

Com a mudança organizacional, os processos serão rapidamente revistos e dentem a serem mais simples e práticos.

Por fim, o uso da tecnologia entra em cena promovendo ainda mais agilidade ao negócio e a tomada de decisão. Assim, a transformação digital torna-se uma realidade nas empresas.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Back To Top