MRTG

Para baixar esse manual clique aqui

Atualmente ter o controle total, ou quase, é uma questão de sobrevivência para muitas empresas. A cada dia que passa, novos relatórios em tempo real devem fornecer informações para a tomada de decisão, como: melhorar a qualidade de algum serviço ou prever algum tipo de problema.

Para auxiliar os administradores de rede, existe o MRTG. O MRTG, é um software que gera gráficos, mesmo que simples, sobre o tráfego de rede em roteadores, servidores etc.

Quando algum supervisor pede qualquer tipo de relatório, é sempre bom ou melhor ele não quer ver apenas uma tabela. Quanto mais “enfeitado ” esse relatório estiver mais feliz ele vai ficar (e quem sabe até aumentar o seu salário ou deixar você sair mais cedo na sexta-feira. 😉

Muito bem, o MRTG cria um banco de dados, e em seguida cria um relatório para você poder visualizar o estado de um roteador (ou então um servidor) em determinados tempos. É como se fosse uma máquina fotográfica: em períodos pré-estabelecidos ele checa como está o estado do roteador e guarda essa informação. Com base nessa informação armazenada, ele gera um gráfico!

Nesse artigo vou fazer a instalação do MRTG no Slackware 10.2. Essa instalação é basica, apenas coletará informações de um roteador.

Esse documento não cobre nem 10% do que o MRTG pode fazer, visto que ele possui capacidade gerar informações de quase tudo que tem suporte ao protocolo snmp. Para maiores informações consulte o site oficial do projeto no endereço: http://people.ee.ethz.ch/~oetiker/webtools/mrtg/

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Site no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: