Como montar uma estação de trabalho em Linux equivalente a uma estação de trabalho em windows

Há vários anos uma pergunta fica cada vez mais sendo exibida nas capas de revistas da área de tecnologia. Em várias matérias e reportagens de revistas e publicaçoes de qualidade, a pergunta que é feita é a seguinte: “O Linux está pronto para o Desktop?”

Muitos gerentes, presidentes e entusiastas do Software Livre dizem que sim. Porém, alguns entusiastas $$$ do Software Proprietário dizem que isso está realmente longe e que GNU/Linux é somente para Servidores. Mas será que estas afirmaçoes estao corretas?

Já faz um bom tempo que o GNU/Linux não é mais uma brincadeira de adoslecentes e muito menos de Hackers! As pessoas tem que entender que o GNU/Linux é um software de qualidade principalmente para aplicações de alto desempenho e disponibilidade. É claro que não podemos esquecer da versatilidade do software.

O que pretendo, ao escrever este artigo, é mostrar que o Software Livre está Pronto SIM para o Desktop, principalmente o Desktop coorporativo, pois existem uma gama de Softwares Livres altamente capazes de substituir qualquer software proprietário. Os softwares que vou descrever são os que utilizo no dia-a-dia (pois, é impossível e não escrevo de algo que não tenho conhecimento.).

O primeiro passo para ter um Desktop corporativo com GNU/Linux é escolher a distribuiçao que será utilizada.

Distribuiçao: “Só o kernel GNU/Linux não é suficiente para se ter uma sistema funcional, mas é o principal. Existem grupos de pessoas, empresas e organizações que decidem “distribuir” o Linux junto com outros programas essenciais (como por exemplo editores gráficos, planilhas, bancos de dados, ambientes de programação, formatação de documentos, firewalls, etc). Este é o significado básico de distribuição. Cada distribuição tem sua característica própria, como o sistema de instalação, o objetivo, a localização de programas, nomes de arquivos de configuração, etc. A escolha de uma distribuição é pessoal e depende das necessidades de cada um. Algumas distribuições bastante conhecidas são: Slackware, Debian, Red Hat, Conectiva, Suse, Monkey…”

Existem muitas distribuições com GNU/Linux disponível no mundo todo, porém qual distribuiçao utilizar é realmente difícil, principalmente se as pessoas envolvidas na escolha forem fanáticos por uma determinada distribuição. Como eu gosto de simplicidade e isso é praticamente o lema da distribuiçao Slackware utilizo essa distribuição. A escolha por essa distribuição não foi simplesmente a familiaridade que possuo com ela e que fique bem claro que não tenho nada com as outras distribuições. 😉

A escolha da distribuição não irá afetar em nada o funcionamento da máquina, pois o GNU/Linux é apenas o sistema operacional, ou seja, vai controlar o gerenciamento da memória, processos de I/O, controlar os diversos periféricos existentes, etc. Um fato que deve ser levado em conta na hora da escolha da distribuição é o fato do suporte, toda máquina com GNU/Linux trabalha da mesma forma, porém existem algumas particularidades entre as distribuições e essas particularidades são invisíveis para o usuário comum, porém o pessoal de apoio e suporte precisa saber muito bem sobre a distribuição.

Após a escolha da distribuição, é necessário realizar algumas configurações básicas (configuraçao de rede, nome de máquina, etc), na qual não vou salientar nesse documento.

Sistema operacional instalado! Suporte e usuário felizes!

Máquina funcionando perfeitamente é hora da segunda escolha: Ambiente Gráfico. Assim como cada distribuição possue seus adeptos, cada ambiente gráfico também possue seus adeptos e isso nao vale a pena discutir. 🙂

A idéia deste artigo é descrever um Desktop corporativo e que seja de fácil utilização, principalmente para usuários que estão acostumados com o Microsoft Windows. Devido a esse fato, acredito que o ambiente gráfico mais parecido e é o que eu escolho: KDE. Muitos dizem que o KDE é pesado, porém acredito que o que falta é configurar o ambiente corretamente de forma que ele deixe de consumir recursos de memória e processamento. (Para se ter uma idéia, utilizo o KDE em um AMD Athlon(tm) 750Mhz com 256Mb de memória, fora os outros aplicativos como openoffice, kmail…etc…etc).

A escolha pelo KDE é simples: o ambiente gráfico do KDE é um dos mais parecidos com o ambiente Microsoft Windows.

Bom até agora já temos uma máquina com GNU/Linux e com o ambiente gráfico KDE. Falta escolher os programas que serao utilizados.

Editor de texto, planilha eletrônica e editor de apresentações não preciso dizer que é o OpenOffice, na qual já comprovou toda a sua capacidade perante os anos de evolução contínua e pela qualidade exoberante que essa suíte de escritório possui em comparação ao Microsoft Office.

Para navegar na Internet outro software que a cada dia comprova a sua qualidade, estabilidade e segurança é o Firefox. Em apenas 4 passos já podemos com essa estação: criar documentos, planilhas, apresentações e acessar a Internet. É claro que ainda falta algumas necessidades que serão supridas. Aguarde!Agora vamos enviar e receber e-mail. A escolha deste pograma também pode gerar controversias, porém o que pretendo é criar uma estação de trabalho simples e funcional para o usuário corporativo. E para que ele possa enviar e receber e-mail’s vou adotar o kontact.

O kontact é um conjunto de programas desenvolvido para ser integrado ao ambiente gráfico kde (é claro que ele pode ser utilizado em qualquer outro ambiente, mas funciona melhor com o kde). No kontact você encontra os seguintes aplicativos:

  • Kmail (envia e recebe e-mail)
  • Korganizer (agenda de compromissos)
  • Kadrressbook (agenda de contatos)
  • Knote (Anotador de tarefas)
  • aKregator (leitor de notícias)
  • Kpilot (sincroniza informaçoes com o PALM)

Esses são os softwares que compõem o kontact. Se você reparar bem esse conjunto de programas substitui perfeitamenteo o Outlook.

Uma característica que vale a pena ressaltar é que a agenda de compromissos pode ser integrada com uma grande variedade de serviços, como por exemplo: Microsoft Exchange, Kolab, XMLRPC, etc. A agenda de contatos também pode ser integrada com uma base LDAP ou até mesmo um servidor remoto através do xmlrpc.

Um outro programa que não pode faltar em um desktop, é um programa para gravar CD/DVD. E essa necessidade é 100% suprida com o k3b.

O k3b, assim como o kontact, também é um programa desenvolvido para ser executado no ambiente gráfico KDE (porém pode ser executado em qualquer outro ambiente). Na minha opinião o k3b é mais fácil de ser utilizado do que outros programas para a plataforma Microsoft Windows.

Para a visualizaçao de vídeos gosto da simplicidade do xine. Simplesmente ele cumpri o que destina-se a fazer. Como player de música, nada mais fabuloso que o amarok. Este simplesmente catalóga suas músicas e busca a letra das músicas e informações sobre o artista na wikipédia.

Para a troca de memsagens instantâneas, um programa completo e também integrado ao kde é o kopete. Com o kopete é possível utilizar diversos serviços de troca de mensagens, tais como: Jabber (talk google), ICQ, MSN, AIM, gadu-gadu, IRC, etc). Possui suporte a perfil global e a imagens, além disso pode ser integrado ao catálogo de contatos utilizado no kontact.

Os programas acima compõem apenas um exemplo de um desktop. Muitos deles possuem concorrentes a altura e que talvez para um determinado usuário seja melhor ou pior. Os listados são os que utilizo no dia-a-dia há alguns anos e não tenho nenhum problema com eles. 😉

Além do gosto pessoal de cada usuário também existe o fator desempenho que pode influenciar na utilização de um ou outro programa, porém atualmente é muito difícil ter uma estação com menos de 256Mb de memória e com pelo menos isso de memória é possível a execuçao de todos esses programas sem o menor problema.

Referências

Um comentário em “Como montar uma estação de trabalho em Linux equivalente a uma estação de trabalho em windows

Adicione o seu

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Site no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: