Big Data

Big Data hoje em dia é uma verdadeira “Buzzword”, que contempla inúmeras tecnologias e disciplinas em análise de dados.

Cada vez mais no Brasil as empresas estão adotando o uso do Big Data para se tornarem mais competitivas e saírem na frente de seus concorrentes, oferecendo produtos e serviços mais adequados aos seus clientes e consumidores.

Mas para muitos ainda existe uma pergunta: O que eu poso fazer com Big Data?

      

  • Barack Obama – utilizou análise de dados como um método experimental, com isso derrubou o domínio da publicidade televisiva nos EUA, criando uma campanha dirigida aos eleitores, onde os interesses dos eleitores eram conhecidos e abordados durante a campanha.Informações mais detalhadas podem ser obtidas em: google e technologyreview.
  • Alemanha FIFA World Cup 2014 – A história de como a Federação Alemã de Futebol e a SAP desenvolveram e usaram o “Match Insights” para a vantagem competitiva da Alemanha é tanto edificante quanto inspiradora. Para saber mais detalhes sobre essa estratégia, você pode ler em CIOInsight e telegraph.
  • Donald Trump – “Quase todas as mensagens publicadas por Trump durante as eleições foram baseadas em dados”, disse o CEO da Cambridge Analytica, Alexander Nix. Leia mais em showmetech. Sugiro reservar algumas horas para realizar esta leitura!
  • Tesla cars

 

Após compreendermos melhor o que podemos fazer com Big Data, vem outra pergunta: Por onde começar?

Em um recente webinar que realizei, com o tema “Como o Big Data tem ajudado no desenvolvimento das empresas“, pude compartilhar uma estratégia que não apenas serve para iniciar o uso do Big Data, mas também pode ser utilizada para iniciar o uso de novas tecnologias.

Quando estamos trabalhando com Big Data, é possível termos solução para inúmeros problemas, assim como podemos chegar a conclusão que um determinado problema “ainda” não pode ter uma solução. Muito bem, já que o Big Data pode nos ajudar de inúmeras maneiras, e respondendo diversas questões é muito difícil sabermos por onde começar.

As empresas possuem muitas necessidades de negócio que precisam ser atendidas, mas se formos atender à todas ao mesmo tempo o resultado será um: nada será feito, nenhuma necessidade de negócio será atendida, muito tempo será disperdiçado e dinheiro gasto.

O que fazer para isso não acontecer? Simples. Inicialmente, defina pequenas entregas que possam ser realizadas em um curto espaço de tempo e que possam ser de grande valor para o negócio.

Site no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: