Noções básicas sobre Oracle

Abaixo, estão algumas informações básicas sobre a estrutura do Banco de Dados Oracle.oracle

Essas anotações são pessoais, talvez seja difícil você entender…

O Oracle divide-se em duas partes:

  1. Instância – área de memória, alocada para o oracle gerenciar as requisições feitas pelos usuários e manipular os Bancos de Dados. É a forma de conexão com o Banco de Dados, apenas um instância é aberta;
  2. Banco de Dados – conjunto de arquivos físicos, onde são armazenadas as tabelas, índices e demais objetos do Banco de Dados.

O Banco de Dados é dividido em três arquivos, são eles:

  • Datafiles – Arquivos físicos, armazenam tabelas, índices, etc. É necessário pelo menos um datafile;
  • Redo Log File – Armazena fisicamente as alterações realizadas pelo Oracle, é utilizado como uma espécie de segurança transacional. São necessários pelo menos 2 Red Log File;
  • Control File – Gerenciam e armazenam toda a estrutura do Banco de Daods. É necessário pelo menosum Control File.

SGA (System global area) – memória alocada na inicialização, é de fundamental importância para o funcionamento do Banco de Dados. A sua estrutura é a seguinte:

  • Shared Pool;
  • Database Buffer Cache;
  • Redo Log Buffer;
  • demais estruturas (lock, gerenciamento de fila, dados estatísticas);
  • large pool;
  • java pool.

O SGA, possui informações e dados de comtrole para o servidor.
Para verificar os parâmetros do SGA usa-se o comando:


>show sga

PGA (Program global area) – memória alocada na inicialização quando o servidor é iniciado, é uma memória não compartilhada. Contêm:

  • Área de SORT;
  • Informações de Sessão;
  • Estado do Cursor;
  • Espaço de pilha.

Segmento de RollBack (undo segment), é um objeto físico localizado dentro de um data file do Banco de Dados. Armazena a imagem antiga de uma transação que está sendo executada.

Conectando com o Banco de Dados


connect / as sysdba

A figura abaixo mostra um exemplo da estrutura organizacional do Oracle.

Os comandos abaixo são utilizados para exportar e importar um Banco de Dados, tabela(s) e/ou usuário(s).

EXPORT

Exporta as tabelas (tabela1, tabela2 e tabela3)


$ expdp USUARIO/INSTÂNCIA tables=(tabela1, tabela2, tabela3)
file=d:banco.dmp
log=d:banco.log

Exporta o Banco de Dados inteiro


$ expdp USUARIO/INSTÂNCIA full=y
file=d:banco.dmp
log=d:banco.log

Importa as tabelas (tabela1, tabela2 e tabela3)


$ impdp USUARIO/INSTÂNCIA tables=(tabela1, tabela2, tabela3)
file=d:banco.dmp
log=d:banco.log

Exporta o Banco de Dados inteiro


$ impdp USUARIO/INSTÂNCIA full=y
file=d:banco.dmp
log=d:banco.log

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Site no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: