Ententendo como utilizar o site Slackbuilds.org

Este artigo foi importado do site http://linux.brunorusso.eti.br, que foi desativado. Este artigo, foi originalmente publicado em: 22/11/2009. Apesar da “idade” deste artigo, o seu conceito ainda é válido.

Introdução

O Slackware é a distribuição mais antiga em atividade, possui um conceito muito interessante quando comparada às demais distribuições, que é o conceito KISS (Keep it simple, stupid). O slackware é desenvolvido por um pequeno grupo de pessoas (até onde eu sei são 8 pessoas ao todo que participam do desenvolvimento da distribuição). Devido a esse e outros motivos, o Slackware não possui uma quantidade grande de pacotes, principalmente pacotes para programas pequenos, ou que não são tão essenciais. Ao mesmo tempo, o Slackware possui uma facilidade muito grande para a criação de seus pacotes, que são criados através de simples scripts denominados de SlackBuilds.

Muitas pessoas, criam seus próprios pacotes através do SlackBuilds.

Em 2006 surgiu o site slackbuilds.org, que nada mais é que um repositório de SlackBuilds prontos para serem utilizados, e o mais importante é que os SlackBuilds são validados, ou seja, são 100% confiáveis, visto que irá gerar o pacote é você. Não há pacote pronto!

Atualmente, o projeto SlackBuilds.org é mantido por um pequeno grupo de pessoas. Esse pequeno grupo, avalia os scripts SlackBuild dos pacotes enviados por diversos usuários do mundo todo. Assim que os scripts enviados passam pela análise da equipe, são disponibilizados para os demais usuários.

Como o Slackbuils é organizado

Atualmente o repositório oficial do Slackbuilds.org, possui um pouco mais de 70MB de scripts, prontos para serem utilizados. Os scripts são organizados nos seguintes grupos:

  • Academic
  • Accessibility
  • Audio
  • Business
  • Desktop
  • Development
  • Games
  • Graphics
  • Libraries
  • Misc
  • Multimedia
  • Network
  • Office
  • System

Em cada grupo podemos encontrar um ou mais scripts prontos, organizados da seguinte forma:

./pacote
  |-- README
  |-- pacote.info
  |-- pacote.SlackBuild
  |-- pacote.desktop
  |-- pacote.png
  |-- slack-desc

onde,

  • README, possui informações básicas sobre o pacote, é importante ler este arquivo antes de iniciar a criação do pacote.
  • pacote.info, possui informações que serão utilizadas pelo script de criação do pacote, além de informações sobre o autor do pacote e o responsável pela aprovação dos pacotes.
  • pacote.desktop, informações para que um ícone do programa seja adicionado ao menu do ambiente gráfico.
  • pacote.png, ícone da imagem que será utilizada para representar o programa no menu gráfico.
  • slack-desc, arquivo contendo as informações do pacote para serem exibidas durante a instalação.

Alguns pacotes possuem outros arquivos, como por exemplo o doinst.sh. Tudo isso depende do pacote! 😉

Criando um pacote através do slackbuilds

Para criar um pacote, através dos scripts do Slackbuilds, execute os passos a seguir.

Neste exemplo, vamos criar o pacote do aplicativo lyx

1. Primeiro vamos baixar o script, dentro de um diretório ~/tmp, para criar o pacote.

mkdir ~/tmp
cd ~/tmp
wget http://slackbuilds.org/slackbuilds/13.0/office/lyx.tar.gz

2. Agora vamos descompactar o arquivo baixado.

tar xzvf lyx.tar.gx
cd lyx

3. Agora é preciso baixar o pacote (código-fonte) do programa, no nosso caso o lyx.

wget ftp://ftp.lyx.org/pub/lyx/stable/1.6.x/lyx-1.6.3.tar.gz

4. Agora é necessário conceder permissão de execução para o arquivo lyx.SlackBuild

chmod +x lyx.SlackBuild

5. Tudo pronto para o início da criação do pacote. Para iniciar, basta executar:

./lyx.SlackBuild

Se tudo der certo, será criado um arquivo dentro do diretório /tmp, com o nome

lyx-1.6.3-x86_64-1_SBo.tgz

7. Para instalar o pacote, execute.

installpkg /tmp/lyx-1.6.3-x86_64-1_SBo.tgz

Pronto! Pacote criado e 100% compatível com a distribuição instalado em seu sistema.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *